NOTÍCIA


Crédito: Governo de SP

Imagem ilustrativa

EM FOCO - POLÍTICA

Região de Campinas receberá novas obras, anuncia governo


ESTADO DE SP - O governador Marcio França assinou convênios com 38 prefeituras da Região Metropolitana de Campinas. Os municípios dividirão o total de R$ 80,6 milhões para obras de recapeamento asfáltico, saneamento e recursos hídricos. Também foi anunciado o início das obras para implantação de faixa adicional na Rodovia Vicente Botta (SP-201), entre os municípios de Casa Branca e Santa Cruz das Palmeiras.

“A gente tem procurado ajudar os prefeitos porque a receita das prefeituras caiu muito e o Governo do Estado pode colaborar”, adiantou Márcio França. “Nós vamos inverter a lógica: o Estado está longe, não consegue governar tudo, e os prefeitos sabem fazer. Então, nós vamos repassar o dinheiro e o prefeito faz a obra. É mais rápido, é mais fácil, é mais prático e é mais econômico. Se tiver recurso, eles se viram e fazem”, completou o governador.

Os trabalhos na Rodovia Vicente Botta começam na próxima semana. Serão 2,4 km de faixa adicional na pista leste, sentido Santa Cruz das Palmeiras a Casa Branca. O investimento de R$ 3,7 milhões será realizado pela concessionária Intervias, conforme previsto no contrato de concessão. Com previsão de conclusão em fevereiro de 2019, a obra será fiscalizada pela Artesp.

A implantação da nova faixa de rolamento, além de trazer conforto ao motorista e reduzir o tempo de viagem ao melhorar o fluxo do tráfego, também é importante para o aumento da segurança viária.

Os 2,4 quilômetros da nova faixa serão implantados em trecho da rodovia na altura do município de Casa Branca, entre o km 62,8 e o km 65,2, próximo à divisa com o município Santa Cruz das Palmeiras. Além da nova faixa de rolamento com 3,5 metros de largura, a obra inclui novos acostamentos, adequação do sistema de drenagem e colocação de 1,49 quilômetro de defensa metálica. Serão gerados pelo empreendimento 80 empregos.

Saúde em Ação Também foi anunciada neste sábado a construção de oito novas clínicas na região, por meio do programa “Saúde em Ação”, parceria da Secretaria de Estado da Saúde com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O investimento é de R$ 25,4 milhões neste lote do programa, especificamente para a construção de novas clínicas do tipo UBS (Unidade Básica de Saúde). Campinas e Americana terão duas unidades cada, e as demais serão construídas nos municípios de Monte Mor, Paulínia, Santa Bárbara d’Oeste e Paulínia.

Por todo o Estado, o “Saúde em Ação” prevê obras de construção e reforma de 166 unidades de saúde em cinco regiões paulistas: Vales do Jurumirim e do Ribeira, Litoral Norte e regiões de Campinas e Itapeva. O investimento total será de R$ 826 milhões.

Na Região Metropolitana, R$ 248 milhões estão sendo investidos em 76 obras, incluindo a construção e reforma de 49 clínicas do tipo UBS e um novo AME, que já está sendo construído em Campinas.

As unidades são entregues equipadas aos municípios e possuem cada uma delas 359m² de área construída. As clínicas do tipo UBS são consideradas as portas de entrada do SUS, e têm capacidade de realizar, em média, cerca de 1.800 mil atendimentos por mês, entre consultas médicas e odontológicas.

Além das consultas, os pacientes também poderão receber vacinas, curativos e inalações, além de coletar sangue para exames laboratoriais. Também haverá ações de promoção e prevenção da saúde. As novas unidades contarão com equipes capacitadas para realizarem atendimento humanizado. Do investimento total para o programa, 70% são provenientes do BID e outros 30%, do tesouro estadual.

Conselho do Idoso O governador também autorizou o repasse de R$ 188 mil para projetos sociais voltados aos idosos de Campinas e Itapira. Os recursos serão utilizados em dois projetos sociais focados no envelhecimento ativo e na garantia de direitos da pessoa idosa. Os projetos foram aprovados no Edital de 2016, do Conselho Estadual do Idoso, que terá 45 projetos financiados, totalizando R$ 10,5 milhões.

Os recursos são arrecadados por meio de destinação de imposto de renda dos contribuintes para o Fundo Estadual do Idoso. Até o momento, já foram assinados 18 projetos relacionados à inclusão digital das pessoas idosas, inserção, permanência ou reinserção do idoso no mercado de trabalho, entre outros.

Fehidro O governador Márcio França assinou ainda a liberação de recursos do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro) para municípios da região de Campinas. São R$ 23,5 milhões para 13 municípios aplicarem em 16 projetos voltados para melhorias dos sistemas de água e esgoto, macrodrenagem, combate a enchentes, redução de perdas de água, disposição de resíduos e aterros sanitários, além da recuperação e preservação de bacias hidrográficas. As contrapartidas das prefeituras são de R$ 11,3 milhões, somando investimentos totais de R$ 34,8 milhões.

Os recursos vêm da cobrança pelo uso da água, recolhida por empresas e instituições que a utilizam para abastecimento público e produção industrial. Os municípios beneficiados são: Águas da Prata, Artur Nogueira, Brotas, Cordeirópolis, Ipeúna, Itirapina, Louveira, Mogi Guaçu, Rio das Pedras, Santa Bárbara d’Oeste, Santa Cruz da Conceição, Valinhos e Vargem Grande do Sul.

(Fonte: Notícia pública do estado de São Paulo)


Mais...
ComentarTirar
Dúvida
Seguir
Por
E-Mail
Ver
Mais
Notícias
Captar
Mais
Obras

PUBLICAÇÃO DE 13 DE JUNHO DE 2018


Ver mais notícias


Compartilhar

Tags  em foco, política, gov. sp, estado de sp, sp, brasil, infraestrutura


Pesquisar na CNC e na ConVisão

Seguir a CNC nas redes sociais

        

  © ConVisão | Desde 1991