NOTÍCIA


EM FOCO - POLÍTICA

Chineses visitam MT para estreitar relação comercial


ESTADO DO MT - Mais uma delegação da China desembarcou em Mato Grosso para uma visita técnica. Eles participaram de reunião na Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) para discutir os potenciais de investimento. Alguns dos principais programas tocados pela pasta foram apresentados para Wei Dan, professora da Faculdade de Direito da Universidade de Macau e Zhao Dongsheng, presidente da Associação de Estudos Brasileiros em Macau.

Pela 1ª vez em Mato Grosso, a dupla que representa a única associação totalmente focada no Brasil na China está montando uma espécie de relatório com diversos dados sobre o país, questões empresariais, sociais, culturais, legislação, análises de importação e exportação, commodities, dentre outros assuntos, para apresentar aos investidores chineses e ao governo local.

A professora Wei explica que os chineses têm bastante interesse em fazer negócios no Brasil, entretanto, ela confessa que falta mais diálogo e informações precisas. Ela conta que devido à enorme distância entre os dois países e pela carência de pessoas especializadas nas duas línguas fazendo esse intercâmbio comercial, se torna complexa a missão de convencer um empresário estrangeiro a investir.

“Percebemos que dentre alguns motivos, um dos entraves é a falta de dados atualizados sobre tudo o que é possível fazer ou não aqui no Brasil. Informações primordiais para qualquer investidor apostar em um novo negócio, como por exemplo, sobre leis trabalhistas, impostos, meio ambiente, capacidade produtiva, quais os principais produtos possíveis para exportar, infraestrutura logística, programas de incentivos e tantos outros”, pontuou.
Conforme a professora, pelo fato de Mato Grosso estar se aproximando mais da China, o destino vem ganhando notoriedade por lá, sobretudo na questão de produção de alimentos (exportação) que é uma das maiores demandas do país que é um dos mais populosos do mundo.

“Queremos fazer essa ponte de ligação entre a China e o Brasil e, para tanto, estamos aqui, solicitando todas as informações possíveis para montar esse relatório para levar aos segmentos empresariais de toda a China. Macau é pequena, mas, somos a principal ligação com toda a China continental”, esclareceu Wei.

Também participaram da reunião, o presidente do Instituto Mato-grossense da Carne (Imac), Guilherme Nolasco, representantes da agência de fomento Desenvolve MT, da Secretaria de Cultura e da Central de Abastecimento do Estado de Mato Grosso (Ceasa/MT).

(Fonte: Notícia pública do Estado de Mato Grosso)


Mais...
ComentarTirar
Dúvida
Seguir
Por
E-Mail
Ver
Mais
Notícias
Captar
Mais
Obras

PUBLICAÇÃO DE 14 DE JUNHO DE 2018


Ver mais notícias


Compartilhar

Tags  em foco, política, gov. mt, estado do mt, mt, brasil, economia e política


Pesquisar na CNC e na ConVisão

Seguir a CNC nas redes sociais

        

  © ConVisão | Desde 1991