NOTÍCIA


EM FOCO - NEGÓCIOS

Sabesp renova contrato com Taubaté com investimentos de R$ 265,7 mi


TAUBATÉ - O governador Geraldo Alckmin anunciou a renovação de prestação de serviços entre a Sabesp e a Prefeitura de Taubaté. A assinatura foi feita na quinta-feira (9) e estende por mais 30 anos o período de atuação da Sabesp no município, com investimento de R$ 265,7 milhões, distribuídos durante o período.

A renovação reflete a atuação da Sabesp na cidade desde 1982, quando assumiu os serviços. Taubaté está entre os 20 melhores municípios do país em saneamento, de acordo com o Instituto Trata Brasil. Outro exemplo é a despoluição do rio Paraíba do Sul, decorrente das ações da Sabesp na região. A melhoria foi tamanha que permitiu usar as águas do Paraíba para abastecimento público.

A renovação de contrato prevê investimentos importantes no fornecimento de água do município. Só em redução de perdas serão R$ 77,1 milhões, valor que será usado em troca de redes antigas, ligações e equipamentos de medição.

Uma fatia de R$ 8,8 milhões será aplicada até 2020. O trabalho, inclusive, já vem ocorrendo mesmo antes da assinatura do contrato. Só neste ano foram substituídos 11 quilômetros de tubulações. No momento a empresa tem frentes de trabalho no Centro e nos bairros Jabuticabeira e Jardim Ana Emília.

O abastecimento de água também receberá recursos para a ampliação do sistema, acompanhando o crescimento da população e da cidade. Somando a verba para redução de perdas e aumento da infraestrutura, o fornecimento de água terá R$ 172,4 milhões investidos.

No sistema de coleta e tratamento de esgoto, outros R$ 87,9 milhões serão aplicados. As obras incluem a ampliação da estrutura existente, troca de redes coletoras e atendimento das demandas previstas devido ao crescimento da população. Também está inclusa a modernização dos processos com utilização de televisionamento de tubulações.

Taubaté entre as 20 melhores cidades

Desde que assumiu os serviços de saneamento em Taubaté, em 1982, a Sabesp trouxe importantes avanços. Colocou a cidade entre as 20 melhores do país em saneamento, segundo o Instituto Trata Brasil. Até 2016, os investimentos da companhia no saneamento taubateano chegaram a R$ 272 milhões.

No sistema de abastecimento, a companhia aplicou R$ 127,5 milhões com obras como a implantação de 523 km de redes. Foram 6 estações elevatórias e 9 reservatórios de água tratada. Já em coleta e tratamento de esgotos, a empresa investiu R$ 140 milhões na construção da Estação de Tratamento de Esgotos Taubaté/Tremembé, duas Estações de Tratamento isoladas (Marlene Miranda e Estoril), 376 km de rede coletora, além de 10 estações elevatórias.

Ao todo, foram 143 mil ligações domiciliares de água e esgoto. O município tem abastecimento e tratamento de esgotos universalizados. Os investimentos previstos para os próximos anos manterão este status, conforme o município cresce.

Investimento ambiental

Além dos investimentos diretos em abastecimento e tratamento de esgoto, o novo contrato traz uma contrapartida para execução de ações ambientais complementares ao saneamento. Será destinado ao município o montante de R$ 174,9 milhões para o Fundo Municipal de Saneamento Ambiental e Infraestrutura, verba que será aplicada em melhoria das condições de drenagem, saneamento e gestão dos recursos hídricos da cidade.

Ainda em 2017 serão destinados R$ 23,6 milhões para o Fundo. Nos anos seguintes, a contrapartida será feita na forma de três parcelas de R$ 14,7 milhões, a partir de 2018. Após estas parcelas, a Sabesp destinará R$ 107 milhões para o Fundo, ao longo dos 25 anos restantes.

Crédito: Portal Sabesp

Atuação da Companhia desde 1982 colocou a cidade entre as 20 melhores do Brasil em saneamento; acordo prevê ações ambientais

(Fonte: Notícia pública do Estado de São Paulo)


Mais...
ComentarTirar
Dúvida
Seguir
Por
E-Mail
Ver
Mais
Notícias
Captar
Mais
Obras

PUBLICAÇÃO DE 14 DE NOVEMBRO DE 2017


Ver mais notícias


Compartilhar

Tags  em foco, negócios, sabesp - sp, taubaté, sp, brasil, saneamento


Pesquisar na CNC e na ConVisão

Seguir a CNC nas redes sociais

        

  © ConVisão | Desde 1991